Montando um roteiro de viagem

Uma das coisas mais gostosas de uma viagem começa bem antes de entrar no avião. É quando dá aquela faísca na cabeça e a gente começa a sonhar com os próximos destinos para ganhar o mundo!

Agora já faz mais de um mês que voltamos da nossa mais recente viagem para Europa e resolvi compartilhar um pouco da experiência.

Destino principal

Logicamente todo roteiro começa com o desejo de visitar algum lugar específico e o restante da viagem passa a girar em torno dele. No nosso caso, esse lugar era Londres, mas sempre tivemos vontade de conhecer a Irlanda, e dada a proximidade, Dublin também era destino certo nesse rolezinho.

Síndrome de Forrest Gump

euvouparaomundo.com #viagem #roteiro01Se você já assistiu ao filme Forrest Gump, vai lembrar aquela cena em que ele fala:

“Naquele dia, sem nenhuma razão especial, eu decidi fazer uma pequena corrida. Eu corri até o fim da estrada. E quando cheguei, pensei em correr até o fim da cidade. E corri até chegar ao oceano. E quando cheguei lá, pensei: já que cheguei até aqui, eu vou voltar e continuar correndo. Quando cheguei ao outro oceano, pensei: já que cheguei até aqui, é melhor voltar e continuar correndo.”

Em viagens é muito comum sentir essa vontade de “ir um pouquinho mais longe”, o que chamo de síndrome de Forrest Gump. No nosso roteiro, já tínhamos Londres e Dublin como certeza, mas como sempre surgem essas ideias: já que estamos na Inglaterra, por que não vamos à Escócia? Já que vamos para à Irlanda, essa é a chance das nossas vidas de conhecer a Islândia!!! Vamos ver quanto custa ir para Reykjavik! Uhuu!

E assim, um simples roteiro para conhecer Londres e Dublin correu o risco de se transformar em uma volta ao mundo…

Mas depois de viajar bastante (na maionese), fomos aos custos, e colocamos os pés no chão. Também pensamos que seria mais divertido incluir um trecho da viagem na Europa continental e fechamos nosso roteiro passando pela Holanda, Bélgica, Inglaterra e Irlanda.

Quantos dias em cada lugar

Para essa viagem tínhamos até um tempo generoso, de 20 dias no total. Para definir quantos dias ficar em cada lugar, seguimos a filosofia do mago das viagens, Riq Freire:

Grandes capitais: ficar no mínimo 4 dias inteiros

Cidades médias: ficar no mínimo 3 dias

Para qualquer lugar: evitar ficar somente uma noite

E assim, separamos 3 dias livres para Amsterdam, 6 para Londres, 2 para Bruxelas e 3 para Dublin. Entre cada cidade e para chegar e sair acrescentamos um dia morto. Ao todo, nossa viagem ficou com 19 dias.

Primeiro os grandes trechos

euvouparaomundo.com #viagem #roteiro 02

Eu vivo aqui na pontinha do Brasil (em Natal) e seria lógico pensar que daqui partem os voos mais baratos para a Europa. Ledo engano! As promoções de passagens aqui são poucas e alguns voos que partem daqui, voltam para São Paulo para somente depois ir para a Europa. Vai entender!

Enfim, depois de algumas buscas, concluímos que as melhores condições saindo de Natal eram pela TAP (considerando tanto o custo, quanto o tempo de viagem), que tem voos diretos para Lisboa, se estendendo para outros países da Europa. Testamos o roteiro começando pela Holanda e saindo pela Irlanda e depois o contrário. O mais barato realmente seria chegar pela Holanda, contudo, na volta para o Brasil, o trecho Dublin-Lisboa não era feito pela TAP, mas por uma parceria com a Lufthansa, que saía de Dublin às cinco da madruga, ia para a Alemanha, passava o dia lá e no fim da tarde chegava a Lisboa, quando os passageiros poderiam pegar o avião da TAP para voltar ao Brasil (tenho ódio mortal triplo carpado de perder tempo de vida nesses tipos de rotas).

Rodei o mundo da aviação europeia em busca de uma alternativa para o trecho Dublin-Lisboa e encontrei uma opção razoável na empresa irlandesa Aer Lingus. Eu não perderia tempo de vida dentro de um avião, pois o voo saía de Dublin ao meio-dia e o custo final da passagem ficaria ligeiramente mais barato comprando pela TAP a ida Natal-Amsterdam e a volta Lisboa-Natal e incluindo o trecho Dublin-Lisboa da Aer Lingus. Escolhemos essa opção, mesmo quebrando uma das regras básicas para evitar perrengues de viagem:

– Nunca compre passagens de duas companhias diferentes para um mesmo dia!

Depois os pequenos trechos

euvouparaomundo.com #viagem #roteiro 03

Com a ida e volta para o Brasil resolvidas, fomos às compras dos trechos dentro da Europa e depois de algumas simulações, resolvemos o seguinte:

De Amsterdam para Bruxelas, pegamos uma promoção na Rail Europe e compramos tickets para primeira classe nos trens de alta velocidade da Thalys (meu dia de ricaço desse ano).

De Bruxelas para Londres, pegamos o trem da Eurostar. Também compramos no site a Rail Europe, que na ocasião tinha opções mais em conta que no site da própria Eurostar.

De Londres para a Irlanda, por incrível que pareça, foi melhor comprar a passagem pela British Airways que pelas famosas empresas low costs que operam no Reino Unido. Quando eu simulava os adicionais para aumentar a bagagem nas low costs, o preço ficava o mesmo.

E foi assim que fechamos nosso roteiro pela Europa com transporte multimodal. Eu tentei encaixar um barco, mas perdia muito tempo de vida.

Passando a limpo

Uma viagem à Europa passando pelo Reino Unido (e Irlanda) naturalmente custa muito caro, primeiro por causa da moeda, a Libra, e depois porque a Inglaterra, Escócia, Pais de Gales, Irlanda do Norte e República da Irlanda ficam fora da Europa Continental, então sempre haverá um gasto a mais com transporte para incluir algum desses países no roteiro.

Vale a pena testar todas as opções disponíveis. Uma ferramenta muito legal para começar as pesquisas é o Rome2rio, já falei dele aqui no blog. Depois é refinar as buscas e se segurar para não esticar muito o roteiro.

Planejar essa viagem com certeza deu muito trabalho, mas para quem gosta de viajar de forma independente, também é muito prazeroso.

Deu vontade de começar a montar nosso próximo roteiro!

| Eu vou | Petter Dantas | 2014

Anúncios

Um comentário em “Montando um roteiro de viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s