Método para perder menos dinheiro na hora do câmbio

Se tem uma coisa que deixa muita gente pensativa quando planeja viajar para o exterior é ter que fazer câmbio de moedas! Você reza, acompanha dia a dia o gráfico Dólar x Real ou Euro x Real, assiste a jornais todos os dias, mas não tem jeito: para o viajante comum, é impossível identificar algum tipo de padrão nos gráficos de cotação e escolher o melhor momento para fazer o câmbio!

Mas nesse momento de instabilidade e megadesvalorização do real, qualquer ajuda vai bem, não é mesmo? É por isso que resolvi compartilhar o “meu método”. Não é nenhuma mágica, mas é uma forma prudente de comprar moeda estrangeira.

libra euvouparaomundo

O que vou falar aqui serve para pessoas que já sabem qual moeda vão comprar. Se você vai para um lugar qualquer e está em dúvida se vai levar a moeda local ou dólar, por exemplo, leia esse post do mago das viagens, Riq Freire, que ele esclarece tudo.

Antes de tudo, as dicas genéricas:
  • Pesquise cotações em casas de câmbio concorrentes;
  • Compare com as cotações de bancos (informe-se antes qual a agência do banco realiza câmbio; em pequenas capitais apenas uma ou dois agências dos bancos tradicionais realizam venda de moeda estrangeira);
  • Acompanhe os gráficos Real (sobe, sobe!) x Moeda estrangeira (desce, desce!) para escolher um dia vantajoso para fazer a compra. Mas lembre-se: as casas de câmbio trabalham sempre com valores mais altos do que esses que aparecem nos gráficos de internet. O que importa aqui é saber se o valor está em queda ou em alta;
  • Tenha disponibilidade para ir mais de uma vez à casa de câmbio;
  • Se a casa de câmbio que você vai fica em um shopping, faça toda a transação dentro do tempo limite para não pagar estacionamento :D;
O meu método

Se você não tem bola de cristal, mas é como eu e sempre fica encucado, pensando que poderia pegar uma cotação melhor, faça o seguinte:

Veja quanto tempo falta para você viajar. Por exemplo, faltam, 3 meses, então vamos programar 3 ou 4 idas à casa de câmbio.

Programe antes quanto você vai comprar ao todo e divida em partes iguais. Por exemplo, precisarei gastar R$6.000,00, então inicialmente vou dividir em 4 partes de R$1.500,00.

Após verificar tudo o que citei nos tópicos aí de cima, vá à casa de câmbio e faça a primeira compra, gastando R$1.500,00.

Deixe passar alguns dias. Continue acompanhando as cotações. Se você tiver “sorte”, a cotação caiu, então na segunda ida à casa de câmbio deve comprar mais do que R$1.500,00 (R$2.000,00, por exemplo). Se você tiver “azar”, a cotação subiu, então você deve comprar um valor inferior  ao da primeira compra (R$1.000,00, por exemplo).

dolar canadense

Faça a mesma coisa na terceira e quarta ida à casa de câmbio. A lógica do método é a seguinte: você sempre estará potencializando a melhor cotação, assim o valor médio final que você pagou pela moeda estrangeira será mais razoável. Para você entender melhor, vamos simular o exemplo acima com algumas cotações dos últimos tempos:

Cotação fictícia do dólar (R$/USD) Valor a ser gasto (R$)
1ª compra 4,02 1.500,00
2ª compra 3,93 2.000,00
3ª compra 4,11 1.000,00
4ª compra 3,95 1.500,00
Valor total que você investiu R$6.000,00

Não podemos controlar a cotação da moeda estrangeira, mas podemos escolher o dia de comprar e quanto gastar no dia. Leve em conta o valor que você gastou na primeira compra e gaste mais nas seguintes se a cotação for mais favorável ou menos se for desfavorável, mas não esqueça que você não pode ultrapassar o valor planejado (no exemplo acima foi R$6.000,00).

Agora observe os resultados:

A cotação mais baixa foi 3,93 R$/USD;

A cotação mais alta foi 4,11 R$/USD;

Se você fizesse exatamente uma média das quatro cotações (somar o valor das 4 cotações e dividir por 4), o valor médio seria 4,00 R$/USD;

Agora considerando que você seguiu minhas sugestões, sua cotação final é dada por uma fórmula um pouco mais complexa:

(somatório de cada cotação x valor gasto) dividido pelo valor total que você investiu

O valor médio do seu dólar passa para 3,98 R$/USD, o seja, você evitou o valor das cotações mais altas e ainda conseguiu um valor ligeiramente melhor que o valor da simples média.

Claro que um pouco de sorte pode ser mais eficiente que esse método, mas dentro das possibilidades, é isso que podemos fazer: escolher o dia de comprar e quanto gastar controladamente.

Espero que essas continhas tenham lhe ajudado como têm feito a mim. Mas se tiver bola de cristal à venda, também vale a pena.

| Eu vou | Petter Dantas | 2016

câmbio cotação dólar euro dólar canadense como fazer câmbio como gastar menos no câmbio onde é mais barato trocar dólares? Euro dica de como trocar.

Leia também: Real x Peso chileno: jogando banco imobiliário

Anúncios

2 comentários em “Método para perder menos dinheiro na hora do câmbio

  1. A cotação para troca dolar x real nos eua tá 3,173 e aqui no Brasil 3,64. Vc sabe me dizer pq falam que não vale a pena trocar lá????

    1. Olá Ana Carolina! Em geral, as pessoas com quem falei não encontraram boas cotações para o Real no exterior. Se você tem certeza que consegue melhores cotações lá, poderia testar comprar uma parte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s