Jugos naturales: descobrindo a Chirimoya

Hum… Esse foi um dos grandes sabores da viagem que fizemos a Santiago, Chile e eu sempre indico a todo mundo que está viajando para lá.  A chirimoya ou cherimoya é uma fruta típica dos países andinos cuja árvore chega a 8 metros de altura. Em todo lugar que você for em Santiago (restaurante, bar,… Continuar lendo Jugos naturales: descobrindo a Chirimoya

Piscoterapia: conhecendo o pisco sour

Pisco sour Antes de ir a Santiago, procurei informações na internet sobre os costumes, comidas e bebidas de lá. Foi assim que conheci o Pisco Sour! É um drink equivalente à nossa caipirinha, uma mistura de pisco + açúcar + suco de limão. Pisco é uma aguardente de uva e vi que tem uma briga danada entre Peru… Continuar lendo Piscoterapia: conhecendo o pisco sour

Via dello Studio: se essa rua fosse minha…

Há tempos não faço sequer uma aquarela, mas confesso que passar em uma boa papelaria ainda me faz gastar alguns minutos olhando tudo da loja quase mulher em loja de roupas. Até hoje sou traumatizado porque não fiz a feira na Papelera Palermo, quando estive em Buenos Aires e dessa vez foi Florença que me… Continuar lendo Via dello Studio: se essa rua fosse minha…

A rota das cervejas na Serra Gaúcha

Enquanto minha cônjuge pensava nos chocolates artesanais que ia provar em Gramado, eu ainda não tinha certeza do que o local me guardava. Aos poucos, descobri que de malte e lúpulo também vivem as Serras Gaúchas! Quem acompanha o Euvou blog já deve ter percebido, principalmente com os posts do Santa Brígida Irish Pub e… Continuar lendo A rota das cervejas na Serra Gaúcha